domingo, 31 de outubro de 2010

Jota

uma estrofe profunda pra definir minha viagem repentina pra Santa Maria:
"tudo que acontece na vida tem um momento, um destino...
viver é uma arte, é um ofício, só que é preciso cuidado...
pra perdeber que olhar só pra entro é o maior desperdício..."
é brega,
é clichê,
é pop rock nacional,
é verdade...
Bem-vindo à Boca do Monte...

sábado, 30 de outubro de 2010

Quantas vidas você tem?!

há uns três dias atrás, essa música teria direção certa...
hoje, é apenas uma obcessão pelo novo álbum do Moska,
que eu AINDA estou degustando...

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Michael

acordei com sede de Bublé

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Distância

só te vejo no fim de novembro...
o que acontecerá comigo/contigo até lá?!
não posso negar que sinto tua falta...
nem posso ocultar tudo o que eu sinto...
até mês que vem...

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Por ti

Por ti eu rio
Por ti eu sorrio
Por ti eu gargalho
Por ti eu flerto
Por ti eu trovo
Por ti eu poetiso
Por ti eu entendo
Por ti eu compreendo
Por ti eu ouço
Por ti eu soluço
Por ti eu fujo
Por ti eu bebo
Por ti eu como
Por ti eu sonho
Por ti eu... bem...
Por ti eu finjo estar tudo bem
Por ti eu pretendo estar bem
Por ti eu fico bem
Por ti, esperando um novo dia
Por ti, esperanças em um "bom dia"

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Fudeu [3]

fossa que segue...

domingo, 24 de outubro de 2010

Fudeu [2]

ressaca moral e mais fossa...
a trilha sonora da noite foi:

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Fudeu

Você sabe que está na fossa quando escuta as músicas da Soko e começa a se identificar e encontrar sentido no que ela diz...

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Acomodado Ego Incomodo [5]

Lei do retorno
Bumerangue
Apontar
Karma
as minhas constantes tentativas de desacomodo do ego
me levam continuamente a inversão de posições
a agonia de olhar o mundo - e as situações -
de pontos de vista bem distintos
ora rejeitando
ora rejeitado
ora amando só
ora só sendo amado
Não existe simetria?
em momentos devidos,
a paciência que desenvolvi para comportamentos assimétricos
simplesmente some, desaparece
O bumerangue jogado sempre volta
Quando se aponta um dedo para o próximo
três dedos se voltam pra si mesmo
Aquilo que menos esperamos, carmicamente acontece
na hora errada, no lugar errado
Investimentos emocionais feitos com espontaneidade
se anulam com o sofrimento leve de não receber o retorno esperado
E o ego? Incomodo!
Fui superficial com os sentimentos alheios
e sinto que o retorno de tal superficialidade está bem próximo
Dúvidas e desacômodo interno
a combinação nada ortodoxa
que não responde minhas dúvidas
e me deixa uma lacuna
que segue incomodando meu ego
Sigo em relações cármicas
esperando pelas respostas
que novamente trarão - ou não - o comodismo
a este ego incomodo
puta existencial!

sHE

"She may be the face I can't forget,
A trace of pleasure or regret,
May be my treasure or
The price I have to pay."

by Charles...

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Anti-ócio

O que me espera as 17:30?!
alguma coisa contida no vídeo abaixo deve ter...

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Bobby Adler

Faz tempo que não publico nada de Will and Grace...
então, hoje, quebrarei o jejum...
alguns momentos maravilhosos de uma personagem com poucas aparições,
mas que sempre rouba a cena...

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

De maus-hábitos e passatempos

Há um tempo atrás, o facebook era meio inútil... Pelo menos eu não via utilidade. Era apenas mais uma rede social entre tantas, e eu mal contatava meus amigos por ela. Apesar de ser mais comum num âmbito global, não me mostrava quaisquer atrativos. Mas, há exato um ano, eu comecei a gastar um tempo extra no facebook. O motivo? Farmville!
Todo mundo deve conhecer a fazendinha, que ganhou muitos genéricos, como Colheita Feliz, Mini Fazenda, e por aí vai. É um joguinho visualmente atrativo e extremamente viciante.
E neste um ano de "mau-hábito", me pergunto: não são todos esses aplicativos extremamente viciantes? Mafia Wars, CafeWorld, Desktop Defender... vão-se milhares deles a sua escolha... e com eles, se gastam horas, mesmo que involuntariamente. É uma espécie de cartel pra chamar nossa atenção e que acaba por nos tirar horas valiosas para executar tarefas mais "úteis".
Analisando os hábitos que ganhei por gastar tanto tempo nesse jogo, aprendi uma única lição: a capacidade do ser humano de se auto-boicotar é extremamente forte.
Vou empurrando com a barriga as tarefas realmente necessárias enquanto controlo o tempo... opa, meu tempo aqui acabou! Está na hora de colher minha plantação.
Maldito hábito do ócio destrutivo!



domingo, 17 de outubro de 2010

Platonismos

Estou apaixonado... por uma ideia, um ideal
e a sensação é divina!

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Professor

Nos últimos vinte anos,
isso mesmo, vinte,
eu tenho estudado
livros e mais livros
tópicos e mais tópicos
colegas e mais colegas
e foram-se os livros
as disciplinas
os colegas
ficaram apenas exemplos,
uns bons, uns nem tanto...
desde Silvana Vieira no primeiro ano do ensino fundamental
até Fabiano Rodembusch na última disciplina do mestrado
passaram pela minha vista e minha convivência inúmeros deles
muitos didáticos,
dos que te faziam colorir números
colar bolinhas de papel crepon no contorno das letras
outros mais expositivos,
decorando a tabuada
ou os parâmetros de ajuste de uma complexa máquina de polímeros
em aulas dormi
em aulas ouvi
em aulas deslumbrei
em aulas aprendi
em aulas ri
em aulas chorei
em aulas ganhei massagem de professora durante a prova
muitas histórias
de longos 20 anos
absorvendo
divisões de Marciléias
impérios de Osmares
raízes de Janetes
estequiometrias de Simones
tintas de Gabrielas
mecanismos de Anamélias
processos de Ivans
reciclagens de Ruths
biomateriais de Luises
20 anos pra perceber
que eu queria apenas me juntar ao ilustre grupo
que eu precisava expor minhas ideias a alguém que precisasse ouvi-las
que eu necessitava deste ato altruísta de dar conhecimento
e receber um simples olhar de gratidão
20 outros anos virão
20 outros exemplos terei
de como pode ser maravilhosa essa simples dádiva de ensinar...
aos meus exemplos de tempos idos
feliz dia dos professores!

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Sapateado

mais uma proposta pra me fazer abandonar o sedentarismo corpóreo!

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Cry me a river

Esta canção foi composta em 1953
originalmente escrita para a interpretação da rainha do jazz Ella Fitzgerald
mas ao longo de mais de meio século ganhou tantas versões que fica difícil escolher a melhor interpretação...
lhes deixo o livre arbítrio
aprecie!



Barbra Streisand - 1967



Rita Lee - 1991



Ella Fitzgerald - 1975



Michael Bublé - 2009



Björk - 1990



Diana Krall - 2002



Caetano Veloso - 2004

Reunião de Família

Tinha tudo pra ser um livro da Lia Luft
noites cinzentas
comentários mesquinhos
olhares esquivos
de conhecidos estranhos
mas não
nada disso
feriado ensolarado iluminando sorrisos sinceros de uma grande mesa italiana
Os Assis
beberragem
piadas
descontração
e eu que temia uma cenário bizarro
com falsidade e falta de sincronia
encontrei pessoas amadas
cumplicidade
e aquelas frases prontas e espontâneas
"como tu estás magra"
"adorei teu corte de cabelo"
"olha como ele cresceu"
família não é uma escolha
é uma herança
e dela temos que tirar os melhores lucros
brotar carinho nas diferenças
e maturidade nas trocas de experiências
quatro gerações reunidas
uma vez a cada dez anos
não foi um sacrifício
foi uma dádiva
clara e serena
bem ao contrário da Reunião de Família da Lia Luft

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Criança

algumas tralhas da minha infância...
a última infância feliz!

























segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Segundo Turno

Springfield é brasileira, e eu provo...

Minelli

Quando nasceu, disseram que seria um bebê imaculado
filha da Dorothy com um homossexual
aos 14 meses de idade, fez seu primeiro filme
Foi a Nova York estudar teatro aos 16 anos
estrelou peças e filmes ao lado da mãe Judy Garland
até a performance primorosa que lhe renderia aclamação mundial
e que performance...
uma atuação memorável de um rosto jovem e uma personalidade forte
diva, sem dúvida
Willkommen, Bienvenue, welcome
im Cabaret, au Cabaret, to Cabaret

simplesmente Liza...

domingo, 10 de outubro de 2010

Dez

são DEZ horas
são DEZ minutos
são DEZ segundos
do dia DEZ
do mês DEZ
do ano DEZ

aprovite um pouco a sincronia do universo!

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Lennon

Não vou no show do Paul McCartney
eu iria ver os Beatles...
1/4 deles, eu me nego...
Pelo preço
Pela localização
Por não ser tão fã assim
e, principalmente
pela ausência do aniversariante de hoje...
celebremos
70 anos de John Lennon



P.S.: o video de homenagem do Google ficou mto fofo... psicodélico como Lennon!

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Moska

Eu já conhecia o trabalho dele...
já gostava por sinal...
e recentemente ele lançou um disco duplo,
num projeto bem complexo
e de extremo bom gosto!
Acho que vou deixar ele explicar...



a canção título do álbum, gravada com o Bajo Fondo Tango Club, outra paixão minha...
vale muito a pena!

Rede Social


Orkut, Twitter, Messenger, Facebook...
Linkedin, Skoost, Badoo, Blogger, MySpace...
São tantas formas de comunicação...
De sociabilização.
Você cadastra-se, cria seu perfil e, de repente,
estás conectado ao mundo!
Surgem preocupações fúteis, do gênero:
"Estou feio nesta foto... não vou publicar!"
"Vou colocar este texto na minha descrição para parecer intelectual!"
"Este vídeo é engraçadinho, vai mostrar meu senso de humor!"
Percebem que não passa de uma farsa pessoal?
Cada movimento, publicação, divulgação,
cada palavra usada é calculada e pensada 300 vezes
para que se possa passar a imagem correta:
o bom moço
o inteligente
o belo
o punk
o safado-na-cam38
Cada instinto é reprimido e recalculado
para que aquele esteriótipo que se escolhe possa ser transmitido
e assim, possa-se tornar atrativo.
Entra-se, por livre arbítrio, neste mercado virtual
e, sem mesmo preocupação com personalidade ou veracidade,
viramos produtos... enlatados de prateleira!
Carne, se você quer alguém que te coma...
Perfume, se você quer alguém que te cheire...
Livro, se você quer alguém que te decifre...
O fato é que lá estamos... enlatados todos,
prontos para sermos consumidos,
para sermos diagnosticados e rotulados.
Neste vai e vem de quem nos observa,
nos tornamos também consumidores,
observadores e rotuladores...
"Não gostei, muito magro!"
"Não gostei, muito infantil!"
"Não gostei, muito emo!"
"Gostei, moreno alto bonito e sensual:"
-oi, te curti... me add?!
Se pararmos para pensar, é exatamente isso.
Desenvolveu-se um instinto patético
de tentar chamar a atenção de desconhecidos.
Manda um comentário no Orkut para conseguir olhar as fotos do fulano...
Manda um link no Facebook pra conseguir mais galinhas no Farmville...
Expõe a vida e os sentimentos mais íntimos no Twitter para arrumar mais seguidores...
Adiciona outro no Messenger para jogar conversa fora num sábado de chuva...
E daí, surgem amizades (algumas verdadeiras);
surgem paixões (algumas verdadeiras);
surgem discórdias (algumas verdadeiras).
Tudo o que foi criado para interligar e comunicar amigos do mundo real
é usado para suprir carências profundas.
Uma espécie de BigBrother para não-célebres
E os espectadores são os "amigos",
que se adicionam aos milhares para requerir um pouco de audiência...
ou simplesmente para conseguir umas galinhas a mais no Farmville.
Verdadeiramente uma rede social,
onde nos prendemos junto a 1001 desconhecidos,
como um verdadeiro cardume que busca constantemente a liberdade...
de expressão e de pseudo-popularidade...
Acho que vou mudar o título do texto.
Chamarei de Teoria de Abraços Ausentes!

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Verdades distorcidas


sem deixar de ser verdades...

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Humor na caneca

dizia Charlie, o Chaplin:
"Um dia sem riso, é um dia perdido!"
então, minha pequena colaboração
para a dose diária de riso
stand-up comedy feminino





segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Dancem

me deu uma vontade repentina de filmes juvenis que acabem em coreografia
porque a dança é a linguagem universal


Footloose


Grease


Mamma Mia!

Eat, Pray & Love

num domingo de chuva
passeando por ruas do Leblon
resolvi "matar" um tempo antes do vôo de volta
assistindo ao novo filme dos meus queridinhos
Julia Roberts e Javier Barden
Comer, Rezar e Amar
é um filme em três momentos
que me causou três sensações diferentes
Comer é cômico
agradável
e me remotou ao conforto da boa feijoada que eu havia degustado horas antes
Rezar é monótono
desritmado
e me deu um bom motivo para cochilar de estômago cheio após a feijoada
Amar é encantador
fofo
mas de uma lentidão que encerra tristemente um filme que tinha tudo nas mãos para ser uma boa comédia romântica sobre valores e reconstrução pessoal
Pontos altos do filme:
o sorriso inebriante da Julia
o português de Portugal do personagem do Javier,que no filme interpreta um brasileiro
e a fotografia muito bem composta
sai do cinema com um pensamento:
é um filme que chega, no máximo, a 1/3 de ser bom!

Cariocúcho

Finalmente, fui pro Rio
infelizmente, voltei do Rio
inspiração mesmo com tempo ruim
queria tanto escrever uma crônica, um poema
mas me faltam poesias pra descrever tamanha dimensão
então, deixo ponderações:
I- a Lapa fede a xixi;
II- o Aeroporto Santos Dumont é um porta-aviões... lindo, mas apavorante;
III- os cariocas são malandros, mas são muito frios com os turistas;
IV- caminhar do Leme até o Leblon leva um dia inteiro, mas não cansa;
V- Copacabana exala energia, mesmo num sábado nublado;
VI- cariocas são sarados, mesmo as mães de família... e seus avós;
VII- a zona sul é a prova que uma metrópole pode ser limpa e organizada;
VIII- o Leblon parece uma novela do Manoel Carlos, onde todos os idosos tem vivacidade invejável;
IX- visitar o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar é completamente desnecessário... você os vê o tempo todo, em todos os lugares;
X- todo mundo merece um apartamento envidraçado de frente pra Ipanema;

vai deixar saudades!!!

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Eleições

Eu fiquei aqui sentado em frente ao computador com a ideia:
vou escrever sobre politica e as eleições de domingo.
tudo o que tinha em mente era expor os lados positivos e negativos dos candidatos
mas eu não tenho base para biografar os quatro principis candidatos a presidência
todos tem passado relativamente limpo
todos tem coligações contraditórias com suas convicções
todos tem aliados relacionados a escândalos políticos
todos tem rostos pouco confiáveis
todos tem cabelos ridículos
não, eu não consigo relatá-los individualmente
será escolher o próximo individuo que vai manipular e desviar o dinheiro público
oxalá, com o próximo candidato, venha um reajuste nas bolsas de estudo
proposta pra isso, ninguém tem!
sigo minhas convicções de não me envolver neste circo obrigatório...
vou viajar e aproveitar meu tempo sem me preocupar
com a memória curta da população
com a estagnação das promessas de campanha
com a acomodação geral quando à corrupção
me recolho a minha insignificancia!
só cabe a mim rezar por um país mais limpo!